SINDICATO DOS EMPREGADOS EM INSTITUIÇÕES BENEFICENTES, RELIGIOSAS E FILANTRÓPICAS DE SÃO PAULO

Conquistamos 10,5% (dez e meio por cento) de aumento salarial para todos os integrantes da nossa categoria profissional.

Mais uma vez através de intensa negociação, conseguimos o reajuste salarial de 10,5% (dez e meio por cento), para todos os integrantes de nossa categoria profissional.

Lembramos que todos os aumentos de salários dos últimos anos somente foram concedidos pelo patrão por força da negociação coletiva promovida pelo Sindicato ou dissídio coletivo. Dessa forma, todos os aumentos da categoria foram objeto de intenso trabalho do sindicato e de toda a categoria representada.

Além das cláusulas econômicas, há outras conquistas do sindicato que vem sendo mantidas e melhoradas a cada ano, como, por exemplo: seguro de vida e plano odontológico, onde as Instituições ficam obrigadas a conceder de forma gratuita o plano odontológico e o seguro de vida a todos os empregados; horas extras com adicional de 100%; estabilidade de 30 dias após o retorno de férias; estabilidade de 30 ou 60 dias após o auxílio doença; e outras que poderão ser consultadas na Convenção Coletiva.

Este ano conseguimos mais um importante benefício para a os trabalhadores, ou seja, o PLANO ODONTOLOGICO GRATUITO, fincando os empregadores obrigados a implantar o Plano odontológico a todos os empregados de forma gratuita até o mês de junho/2016.

VEJAM OS NOVOS VALORES DO PISO SALARIAL, CESTA BÁSICA, VALE REFEIÇÃO E AUXÍLIO CRECHE PARTIR DE 01/03/2016.

PISO SALARIAL – Foi fixado em R$ 1.050,00 (Mil e cinquenta reais)
VALE REFEIÇÃO –
Foi fixado em R$ 21,00 (vinte e hum reais) por dia trabalhado.
AUXÍLIO CRECHE – Foi fixado em R$ 143,65 (cento e quarenta e três reais) (Ver condições na Convenção Coletiva)
SEGURO DE VIDA OBRIGATÓRIO E GRATUITO – As Instituições ficam obrigadas a conceder o SEGURO DE VIDA de forma gratuita a todos seus empregados. (Ver condições na Convenção Coletiva)
PLANO ODONTOLOGICO OBRIGATÓRIO E GRATUITO – As Instituições ficam obrigadas a conceder o PLANO ODONTOLOGICO de forma gratuita a todos seus empregados, sendo que o prazo para a implantação do Plano Odontológico será até junho/2016 (Ver condições na Convenção Coletiva)
VALE-CESTA (cesta básica) – Foi fixado em R$ 138,00 (cento e trinta e oito reais) para os trabalhadores que laboram em jornada igual ou superior a 30 (trinta) horas semanais, com salário de até 03 (três) pisos salariais já corrigidos. As entidades que concederem o beneficio “in natura” deverão observar a seguinte composição da cesta básica alertando que houve alteração nos itens que compõe a cesta:

  • 10 KG de arroz agulhinha (tipo 1)
  • 3 KG de feijão carioquinha
  • 4 latas de óleo de soja (900 ml cada)
  • 5 KG de açúcar refinado
  • 1 KG de sal refinado
  • 1 KG de café torrado e moído (selo ABIC)
  • 2 pacotes de macarrão espaguete
  • 2 latas de sardinha
  • 1 KG de farinha de trigo especial
  • ½ KG de farinha de mandioca crua
  • ½ KG de fubá mimoso
  • 2 pacotes de biscoito salgado (200 g. cada)
  • 2 pacotes de biscoito maisena (200 g. cada)
  • 2 latas de molho de tomate (320 g. cada)
  • 1 lata de leite em pó
  • 500 g de achocolatado em pó

1. Conseguimos também fixar pisos salariais para algumas funções conforme segue:

AUXILIAR DE ENFERMAGEM: Piso de R$ 1.231,00
TECNICO DE ENFERMAGEM: Piso de R$ 1.574,62
INSTRUTORES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO FISICA: Piso de R$ 1.574,62
AUXILIAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL: Piso de R$ 1.231,00
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL: Piso de R$ 1.907,33
CUIDADOR DE IDOSO: Piso de R$ 1.050,00

ESCLARECIMENTOS SOBRE CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL PROFISSIONAL

A contribuição negocial a favor do sindicato profissional foi fixada em 5% a ser descontada em 2 parcelas, ou seja. 2,5% sobre o salário de abril/2016 e 2,5% sobre os salários de maio/2016.
A contribuição negocial profissional destina-se à manutenção financeira do sindicato bem como o seu fortalecimento com investimentos em infra-estrutura interna e externa, razão pela qual, a contribuição de todos é muito importante, mesmo por que, a negociação coletiva beneficia todos os integrantes da categoria profissional, independente de serem ou não associados.

Ressaltamos que este sindicato, em atendimento às orientações do próprio Ministério Público do Trabalho, sempre garantiu o direito de oposição dos empregados, porém, lembramos que os benefícios alcançados pela negociação coletiva realizada pelo Sindicato abrangem todos os integrantes da categoria profissional, ou seja, os empregadores são obrigados a conceder o reajuste e benefícios fixados na convenção coletiva a todos os seus empregados, independente de serem ou não associados do sindicato.

Portanto, antes de se oporem ao desconto da contribuição negocial profissional, pedimos a todos os empregados que reflitam sobre o assunto e não se deixem enganar e nem serem induzidos pelos patrões, pois estes não têm o menor interesse no fortalecimento do Sindicato dos Empregados.
O prazo para oposição vai até o dia 21 de março de 2016, devendo o empregado comparecer pessoalmente na sede do sindicato com documento com foto e protocolar sua oposição.